Ferramentas de Utilizador

Ferramentas de Site


pt:learning:courses:subjects:s01:m03:expert-learning:a02

Actividade 02: Recolha de Dados

Contar espécies de plantas e animais dentro de um vedação

Objetivo: Os alunos aprendem como determinar a quantidade de biodiversidade em uma área cercada e tirar conclusões para uma área de investigação maior. Além disso, questões relacionadas à utilidade das plantas podem ser encorajadas.
Resultados da aprendizagem: Os alunos são capazes de determinar uma área de investigação e realizar uma investigação e análise deliberada dos dados da biodiversidade.
Conhecimento prévio: Significado dos termos “variedade biológica” e conhecimento de espécies dentro da área investigada “
Duração: 45 - 60 minutos
Materiais / Condições: Papel, caneta, material para cercar a área de investigação como: Corda, agulha de madeira, martelo, fita métrica, pá se necessário.
Métodos / Técnicas: Trabalho individual, em par ou em grupo, estimar, determinar e contar, comparar, analisar
Assunto de aprendizagem: Biodiversidade / Módulo 3: Recolha, análise e preparação de dados de biodiversidade / Nível: Aprendizagem Especializada


Introdução:
Imagina uma nova estrada que vai ser construída na tua localidade. Esta estrada atravessará um espaço verde. As pessoas que vivem na tua vila / cidade estão muito aborrecidas e querem evita-la sendo que a nova estrada seria uma ameaça para as plantas endémicas que vivem no espaço verde. Foste escolhido para ser um mediador. Falas com os gerentes de construção, tentando convencê-los que a área em que a estrada foi planeada para ser construída merece proteção. Como resposta tu ouves que “somente uma quantidade pequena de plantas cresce aí, se houvesse uma maior quantidade, a construção seria cancelada.” Para se ter uma perspetiva geral da quantidade real de plantas presentes no local, há que recorrer a uma contagem. Nesta unidade, aprenderás como realizar a tal contagem.

Instrução:
1) Cerca uma área de investigação de 3 × 3 metros (Ver recursos).

2) Faz uma estimativa de quantas espécies de plantas existem na tua área cercada.

3) Agora conta a quantidade real de plantas em tua área de investigação. Concentra-te em uma espécie e a tua população em primeiro lugar. Descreve a planta e as suas características. Pensa sobre a relevância / importância desta planta. Para visualizar os seus resultados, cria uma tabela. Trabalha sistematicamente, até que tenhas determinado cada planta na tua área de investigação.

4) Existe uma diferença entre a quantidade estimada de espécies de plantas e o número real? Se sim, qual poderá ser a razão?

5) Que conclusões podes tirar relativamente ao espaço verde inteiro e a questão de construir uma estrada aqui?

Recursos:
Para cercar uma área de investigação, precisas de algum material e conhecimento.
No caso de quereres cercar uma pequena parte de uma área maior, certifica-te de que o gráfico que escolheres é representativo de todo o espaço. Seria impróprio, por exemplo, ter uma área verde com uma pequena lagoa representada por uma área de investigação que é composta por uma área de água de 50%.
Para vedar uma área de 3 × 3 metros precisas do seguinte material:
4 Agulhas de madeira, um martelo, uma corda longa e uma fita métrica.
Depois de ter encontrado um espaço representativo, posicionas a primeira agulha no chão. Depois, mede 3 metros em duas direções, tendo em mente criar um ângulo reto*. A 3 metros, colocas mais duas agulhas no chão, etc. No final, deves ter um quadrado mais ou menos exato. Para melhorar a tua orientação, liga as agulhas com uma corda.

* Para facilitar: Para obter um ângulo reto neste caso, fixa a primeira agulha e mede 3 metros. Agora amarra uma corda de 4,2 metros na agulha 1 e uma corda de 3 metros na agulha 2. Coloca a agulha 3, onde as duas extremidades se encontram e você obterá um ângulo exato. Finalmente, amarra uma corda de 3 metros nas agulhas 1 e 3 e coloca a agulha 4 onde essas cordas se encontram.
Flächenberechnung
(Desenho próprio)

Resultados possíveis / Resultados:
1) Os alunos são capazes de escolher uma área representativa como uma área de investigação.

2) O número estimado de plantas pode ser ultrapassado → a verdadeira quantidade de biodiversidade não é visível a olho nu.
O número estimado pode ser maior do que o real → a área parece ter uma biodiversidade mais alta do que é o caso na realidade.
→ é preciso recolher dados para chegar a resultados objetivos.

3) A biodiversidade na área de investigação não pode ser transferida para o ambiente direto. A fim de observar mudanças, um teria que erguer outro lote na proximidade do primeiro. Com base nos resultados, pode-se argumentar a favor ou contra a construção da estrada.

Atividades relacionadas:

Autores: Silvia Al-Umaray e Laura Hinz

pt/learning/courses/subjects/s01/m03/expert-learning/a02.txt · Esta página foi modificada pela última vez em: 2017/08/18 23:22 por kherrmann