Ferramentas de Utilizador

Ferramentas de Site


pt:learning:courses:subjects:s01:m01:expert-learning:a04

Atividade 04: Endemismo e Cosmopolitismo

Plantas endémicas e cosmopolitas no contexto da influência humana

Objetivo: Os alunos conhecem a influência humana no ecossistema, seguindo o exemplo do transporte marítimo, e os efeitos relacionados nas espécies endémicas e cosmopolitas.
Resultados da aprendizagem: Os alunos serão capazes de analisar um texto e descrever o seu conteúdo. Eles serão capazes de explicar o problema apresentado e refletir criticamente sobre seus efeitos. Eles serão capazes de expressar sua própria opinião razoável e discutir as medidas para melhoria.
Conhecimento prévio: Modulo 1 espécies endémicas e cosmopolitas
Duração: 60 min
Materiais / Condições: Texto (cf. Material 1, secção de recursos), acesso à internet
Métodos / Técnicas: Descrição, discussão, pensamento criativo
Assunto de aprendizagem: Biodiversidade / Modulo I: Introdução à biodiversidade / Nível: Aprendizagem especializada


Introdução:
A distribuição de espécies cosmopolitas e a consequente eliminação de espécies endémicas é um problema provocado pelo Homem?

Instrução:
1. Leia o seguinte texto sobre água de lastro (Material 1, secção de recursos). Analise o problema relacionado a isso.

2. Explique o problema que surge para plantas endémicas quando espécies cosmopolitas migram para os seus habitats. Como um exemplo podes escolher um recife de coral que é um ecossistema muito sensível.

3. Discuta como se deve lidar com essa questão.

Recursos:
Texto próprio: O problema com a água de lastro

No transporte marítimo moderno, o navio é carregado com água para compensar o desequilíbrio ou para encher vagões vazios, chamada água de lastro. Esta água é normalmente tirada do porto de partida e ela contém muitos organismos que se acumulam perto da costa. Com o início da viagem em direção ao porto de chegada, começa uma viagem estressante para os passageiros clandestinos, que estão involuntariamente na água de lastro além daqueles que foram carregados na parede externa ou abordo do navio. Chegados no porto de destino a água é libertada de volta no oceano. Para novos carregamentos enche-se o navio com água nova desse porto para obter equilíbrio. Os organismos que sobreviveram a essa viagem tão estressante são depositados num ecossistema estrangeiro. Esses organismos são cosmopolitas ou genes realistas que conseguem viver em vários lugares do mundo, chegam como uma espécie adicional no ecossistema. Isso pode trazer serias consequências, especialmente para ecossistemas sensíveis e para elementos endémicos.

Resultados possíveis / Resultados:
- Espécies cosmopolitas invadem ecossistemas e perturbam o seu equilíbrio - Espécies cosmopolitas podem ser predadoras de espécies endémicas ou alimentar-se da mesma nutrição, o que conduz ao aumento da competição - As plantas endémicas são altamente afetadas pela pressão - Os alunos apresentarão soluções diferentes

Atividades relacionadas:

Autora: Annika Wolke e Samira Marschall

pt/learning/courses/subjects/s01/m01/expert-learning/a04.txt · Esta página foi modificada pela última vez em: 2017/03/26 17:33 por kherrmann